Bancos de células-tronco

Estudos recentes indicam que no sangue do cordão umbilical do recém-nascido se encontra uma grande quantidade de células-tronco, as quais podem servir, por exemplo, para o tratamento de muitas doenças.

Células-tronco são as células que possuem a capacidade de criar todos os tecidos, órgãos e sistemas do organismo e, além disso, são capazes de se dividir infinitamente.

As células-tronco obtidas da medula óssea, localizada no centro de alguns ossos, são utilizadas em transplantes para tratar de doenças do sangue e do sistema imunológico, como leucemia, linfomas, síndromes mielodisplásticas, talassemia, tumores de medula óssea, entre outros.

Tratamento de doenças


De acordo com estudos, a utilização de células-tronco provenientes do cordão umbilical permite o tratamento de algumas doenças, evitando o risco de incompatibilidade no transplante, já que não é possível que sejam rejeitadas pelo organismo quando provém do mesmo indivíduo.
Por outro lado, como se encontra em etapa experimental, os cientistas prevêm que a utilização das células-tronco poderá ser a cura para doenças como diabetes, artrose reumática, lupus eritematoso e mal de Parkinson e Alzheimer.

Quais países contam com esse desenvolvilmento científico?


Brasil, Argentina, Estados Unidos, Inglaterra, Espanha e México contam com empresas, tanto no âmbito privado como público, que oferecem o serviço de Bancos de células-tronco de cordão umbilical. As empresas privadas oferecem um seguro biológico próprio, uma reserva de células-tronco particular que pode ser utilizada quando o doador necessitar durante sua vida, ou quando quiser doar a algum familiar direto com quem ele seja compatível.

Quanto ao âmbito público, há hospitais que oferecem a possibilidade de doação de sangue do cordão umbilical para formar parte do Banco Público de Sangue do Cordão Umbilical à disposição de pessoas que necessitem.

Como todo novo desenvolvimento científico, existem posições divergentes quanto à utilidade que um indivíduo particular possa dar a sua própria reserva de células-tronco provenientes do cordão umbilical, mas a comunidade cientifica ainda não provou a utilidade e o potencial que essas células-tronco possuem.

Brincadeiras para bebês de 7 a 12 meses: tachos e Panelas

Os bebês adoram abrir os armários e brincar com as panelas e colheres. Podem aproveitar este momento para que o seu filho aprenda movimentos de coordenação e desfrute de um momento junto à mamãe e ao papai.

Brincar com panelas e tachos é algo que fascina a todos os bebês.

Aproveitem para ensiná-lo como resolver situações simples. Também é uma boa atividade para estimular habilidades motoras.

Podem começar o ensinando como pôr a tampa de uma panela. Depois, deixem que o pequeno faça sozinho. Adicionem uma segunda tampa de outro tamanho e observem se ele consegue decidir qual tampa usar.

Uma alternativa mais tranquila e silenciosa desta brincadeira é usar caixa de distintos tamanhos, tupperwares ou recipientes de plásticos com tampa.

Se o seu bebê estiver mais próximo de completar 12 meses, podem lhe ensinar como tampar e destampar garrafas de plástico que tenham tampas de enroscar. Esta atividade apresenta para o pequeno um desafio maior, o que estimulará a sua capacidade de concentração.

Você por estar interessado