Teste de gravidez: sua confiabilidade

Apresentaremos diferentes opções para confirmar ou descartar a notícia de uma possível gravidez. O mais frequente é recorrer ao teste de farmácia, porém, ainda assim, a palavra final é dada pelo médico por meio de outros exames.

Se você tem alguma suspeita de que esteja grávida, o melhor é que faça um exame para comprová-la. São muito simples e podem ser feitos por meio de sangue ou urina. Em ambos os casos, o exame consiste em detectar a existência de um hormônio chamado Coriônico Gonadotrófico (hCG), produzido pelo seu corpo desde a fecundação.

O teste de farmácia Trata-se de um dispositivo simples para analisar a urina. Pode ser utilizado desde, aproximadamente, o segundo dia de atraso da menstruação. Este tipo de teste é muito confiável sempre e quando utilizado de forma correta, por isso, é importante que leia atentamente as instruções e as siga ao pé da letra.

Uma vez realizado o teste, você pode obter dois resultados:

• Resultado positivo: significa que você esta grávida, já que o teste é muito assertivo nestes casos. No entanto, você deverá comunicar o seu médico para que confirme a gravidez por meio de um teste de laboratório.
• Resultado negativo: se continuar com dúvidas, é recomendável que volte a fazer o teste em alguns dias ou que consulte seu médico; é possível que, ao realizar o teste, você tenha tido uma concentração menor que a detectável do hormônio hCG. Se voltar a dar negativo, é provável que os seus sintomas não estejam ligados à gravidez.

Teste de laboratório

O estudo da urina pode ser realizado em um laboratório clínico a partir da primeira semana da concepção. Por outra parte, seu ginecologista te indicará um exame de sangue para confirmar a gravidez. O exame é simples e rápido e, assim como o de urina, consiste em detectar a presença do hormônio hCG.

A ultrassonografia

Outro método muito confiável é a ultrassonografia, que pode detectar o embrião entre a quinta e a sétima semana após a data da seu última menstruação. A ultrassonografia também será útil no acompanhamento da gravidez e para determinar mais precisamente a etapa em que você esta.

Você por estar interessado

Semana 04: Fazendo o teste de gravidez

O hormônio da gravidez pode ser medido por meio da urina no teste de gravidez caseiro que pode ser comprado na farmácia e utilizado a partir do primeiro dia de atraso menstrual.

Os primeiros sintomas da gravidez podem ser interpretados como incômodo pré-menstrual. O indício mais confiável é a ausência da menstruação (somente nas mulheres que têm o ciclo normal e regular). Esta ausência da menstruação é o que geralmente leva à realização dos testes de gravidez caseiros.

As provas da gravidez


O hormônio da gravidez pode ser medido por meio da urina mediante:

• Teste de gravidez caseiro que pode ser comprado na farmácia e usado a partir do primeiro dia de atraso menstrual.
• Exame de urina no laboratório que pode ser realizado do 7º ao 10º dia posterior a provável concepção. O exame é realizado por um profissional.

Se o teste caseiro der positivo (+) não há dúvidas sobre a gravidez, porque não há resultados falsos positivos. Pelo contrário, se é negativo (-) e o atraso menstrual continua, o exame deve ser repetido 5 dias depois, pois a quantidade de hormônio produzida pode ser inferior ao nível necessário para que se ative o reativo. Se ao final desse tempo o exame seguir dando negativo (-) pode ser que você não esteja grávida e que seu atraso seja devido à outras razões.

Com respeito ao exame de urina, é recomendado ligar ao laboratório com um dia de antecedência para perguntar se existe alguma indicação especial para realizar a análise.

Os sinais da gravidez


O restante dos mal-estares da gravidez podem estar presentes a partir da quarta semana ou podem simplesmente não aparecer. O mais importante a se levar em conta são alguns sintomas que, caso ocorram, requerem uma consulta ao médico com urgência:

• Dor pélvica
• Sangramento genital
• Inchaço nas mãos, pés ou rosto
• Vômitos que se repetem continuamente ao longo do dia sem cessar.

Lembre-se que você já não pode fumar e é recomendado que não beba álcool. Consulte seu médico sobre qualquer medicação que esteja tomando já que algumas podem ser prejudiciais à gravidez. Se você não estava recebendo ácido fólico, deveria começar a ingeri-lo em doses recomendadas de 500 microgramas por dia. Outros sintomas normais que você pode sentir no período da gravidez são:

• Cansaço e mudanças no humor
• Seios ligeiramente maiores e mais sensíveis
• Sensação de peso na região pélvica
• Vontade de urinar com mais frequencia

Seu bebê


Sua gravidez ainda é microscópica e não pode ser revelada por meio de ultrassonografias, ainda que já se possa detectar o engrossamento da parede do útero. Duas semanas depois da fecundação, seu bebê é, oficialmente, um embrião. Ainda nesta semana, o embrião desenvolverá um saco amniótico. A placenta que o nutrirá até seu nascimento começará a ser formada e as características faciais do seu bebê se tornarão mais visíveis. Também aparecerá o mágico batimento de seu coração, se ainda não o tiver feito.

Tentamos informar da forma mais precisa possível, mas tendo em conta que as taxas de crescimento e desenvolvimento da gestação são ocasionalmente diferentes para cada mulher, recomendamos que leia a semana exata de sua gravidez, também a semana antes e a semana depois. Em caso de dúvida, não hesite em contatar seu médico.

Você por estar interessado