Cefaleia

A dor de cabeça é um sintoma comum fora da gravidez e durante ela, mas na gestação todos os sintomas neurológicos tendem a piorar, tais como as cefaleias, odontalgias, neuralgias e etc.

As causas dessas dores não são muito conhecidas, mas elas estariam vinculdas às mudanças da circulação sanguínea no organismo e à mudança de todo o sistema nervoso. As dores podem acontecer por diversos motivos, alguns deles relacionados à gravidez e outros não.

Por causa da gravidez

As dores de cabeça durante a gravidez são possivelmente causadas pelas mudanças dos níveis hormonais e pelo aumento do volume e circulação do sangue. Também estão relacionadas à postura e a tensão de estar carregando um peso extra na barriga.

Por causa de outros fatores

Dentre as outras causas estão as infecções na faringe e ouvidos, sinusite, febre, tensão psíquica e doenças graves do sistema nervoso como miningite, hemorragias e etc.

Se a cefaleia simples e migranhas já eram algo comum para você antes da gravidez, consulte seu médico para saber qual a medicação correta para tomar durante o período da gestação, para evitar o risco de má-formação fetal e de complicações.

Para o tratamento da cefaleia simples, talvez sejam suficientes uma massagem, um banho (deixe cair água quente sob o seu pescoço e ombros, isso geralmente atua pelo menos de forma secundária na cafaleia), ou inclusive uma bolsa de água quente no pescoço. Para aliviar a dor também pode tomar analgésicos, como paracetamol, mas é recomendado que antes de tomar qualquer medicamento você consulte um médico.

Se a cefaleia começar bruscamente, for intensa, te despertar durante a noite, vier acompanhada de fotofobia (intolerância à luz), rigidez na nuca, febre ou outras manifestações de sensabilidade no corpo, o médico deve ser consultado imediatamente. Pode se tratar de algo mais grave do que uma simples dor de cabeça.

Você por estar interessado

Prurido (comichão)

A barriga coça? Novamente, a alteração hormonal produzida durante a gravidez é a culpável. É normal que isso aconteça, mas é sempre melhor verificar com seu médico.

Prurido (comichão)



A barriga coça? Novamente, a alteração hormonal produzida durante a gravidez é a culpável. É normal que isso aconteça, mas é sempre melhor verificar com seu médico.

O prurido na pele é comum na gravidez. Sua pele está mais seca e geralmente pode causar a coceira. Pode ocorrer em qualquer parte do corpo, mas especialmente na pele do abdômen e principalmente nas estrias que parecem progredir na gravidez. Você também pode ter prurido ao redor dos tornozelos que está ligada as alterações nas veias das pernas. De qualquer forma, é um prurido leve que não a deixar acordar na noite e raramente deixa marcas de se ter coçado.

O prurido cede com a aplicação de loções hidratantes, mas você deve consultar com seu médico ou dermatologista para saber o que você não pode usar.

Em outros casos, o prurido pode ser devido a infestações parasitárias, tais como escabiosis (sarna), doenças hepáticas como cirrose biliar primária ou colestase gravídica, doença renal, tireoidea ou cutânea. Em geral, nestes casos, o prurido pode ser muito intenso, especialmente nas palmas e nas plantas do pé, chegando a acordá-la na noite ou não a deixar dormir. Isso também causa uma comichão tão intensa que deixa marcas. Com qualquer uma dessas últimas características, é importante consultar com o médico.

Você por estar interessado