Dor nas costas na gravidez

Se você sente dor na parte inferior das costas, não se preocupe muito: é algo bastante frequente durante a gravidez, especialmente a partir do terceiro trimestre. Esse mal-estar é provocado por um conjunto de fatores.

A alteração hormonal produzida durante a gravidez faz com que os ligamentos e articulações fiquem mais frouxos e, portanto, mais frágeis. Isso acontece, pois seu corpo está se preparando para o momento do parto, e por outro lado suas costas precisam fazer um esforço maior.

Sem dúvidas, a dor nas costas se produz pelo aumento progressivo do peso que a sua coluna tem que suportar e é distribuido principalmente ao redor da cintura. Sua coluna aumenta um pouco mais a sua curvatura normal para compensar o crescimento da sua barriga para frente, e isso pode provocar alguns incômodos, além da postura nas últimas etapas da gestação.

Em geral, essa dor não é muito forte e sem dúvidas é suportável. Se você sente dores com muita intensidade deveria consultar um médico. Por exemplo, se sua dor se concentra mais na parte do meio das costas, ela pode ser causada por complicações nos rins ou nos pulmões, por isso é bom que você tenha cuidado quanto a isso e consulte seu médico para que ele tire todas as suas dúvidas. Se essa dor se estende aos glúteos, pode ser devido a algum problema que você tinha na coluna desde antes da gravidez.

Um bom conselho para evitar que as suas costas te incomodem é não usar saltos altos, nem levantar muito peso. Em caso de ter que levantar algo, tente fazer isso de forma correta. Um bom colchão também pode ajudar a relaxar suas costas e academia e natação podem ajudar a fortalecê-la.

Você por estar interessado

Prurido (comichão)

A barriga coça? Novamente, a alteração hormonal produzida durante a gravidez é a culpável. É normal que isso aconteça, mas é sempre melhor verificar com seu médico.

Prurido (comichão)



A barriga coça? Novamente, a alteração hormonal produzida durante a gravidez é a culpável. É normal que isso aconteça, mas é sempre melhor verificar com seu médico.

O prurido na pele é comum na gravidez. Sua pele está mais seca e geralmente pode causar a coceira. Pode ocorrer em qualquer parte do corpo, mas especialmente na pele do abdômen e principalmente nas estrias que parecem progredir na gravidez. Você também pode ter prurido ao redor dos tornozelos que está ligada as alterações nas veias das pernas. De qualquer forma, é um prurido leve que não a deixar acordar na noite e raramente deixa marcas de se ter coçado.

O prurido cede com a aplicação de loções hidratantes, mas você deve consultar com seu médico ou dermatologista para saber o que você não pode usar.

Em outros casos, o prurido pode ser devido a infestações parasitárias, tais como escabiosis (sarna), doenças hepáticas como cirrose biliar primária ou colestase gravídica, doença renal, tireoidea ou cutânea. Em geral, nestes casos, o prurido pode ser muito intenso, especialmente nas palmas e nas plantas do pé, chegando a acordá-la na noite ou não a deixar dormir. Isso também causa uma comichão tão intensa que deixa marcas. Com qualquer uma dessas últimas características, é importante consultar com o médico.

Você por estar interessado