É seguro tomar sol ou fazer bronzeamento artificial durante a gravidez?

Da mesma forma que em qualquer outra etapa de sua vida, tomar sol durante a gravidez será saudável e benéfico sempre que o fizer com a proteção adequada. Quanto ao bronzeamento artificial, as precauções e advertências aumentam.

Se você quer ter um tom mais dourado em sua pele durante a gravidez, deve ter as mesmas, ou maiores, precauções em relação aos raios ultravioletas. Além dos conhecidos riscos de desenvolver o câncer de pele, a exposição indiscriminada a estes raios podem intensificar ou favorecer a aparição de manchas no rosto, resultado das mudanças hormonais provocadas pela gravidez.

No entanto, tomando certos cuidados você pode desfrutar do sol e até se beneficiar, já que fora das horas de mais intensidade (das 11h às 14h), ele fornece a vitamina D que ajuda na absorção do cálcio.

Cuidados para serem levados em conta:

  • É recomendável que você utilize protetor solar com fatores altos, mais que 15 fps, e que aplique meia hora antes da exposição ao sol, reaplicando-o frequentemente. Você deve levar em conta qual protetor solar é o ideal para a sua pele e também adequado ao lugar que você vá utilizá-lo, por exemplo, na praia, o fator deve ser maior porque o sol reflete na areia. Já na cidade, uma opção são os cremes com filtro solar incluído.
  • Durante os dias nublados, você também precisa aplicar o protetor solar, pois os raios ultravioletas continuam atravessando as nuvens. A sombra também não é confiável, pois muitos elementos como a areia, a neve e a água refletem os raios solares.
  • Exponha-se por períodos curtos. Se o calor for muito intenso e você se sentir enjoada, com tontura ou cansada, o melhor é que se abrigue em um lugar mais fresco.

Os riscos da cama de bronzeamento artificial:

A cama de bronzeamento artificial gera danos em sua pele, já que transmite somente os raios que produzem o bronzeado. No entanto, não há provas científicas que confirmem que as sessões façam mal ao seu bebê, mas, sim, a você. Assim como o sol, o bronzeamento artificial libera raios ultravioletas que podem gerar câncer de pele. Estudos recentes mostram que o uso frequente da cama aumenta o risco de melanomas. Nesse caso, o câncer pode chegar até a placenta, o que resultará em muito dano para você e para o seu bebê.

Também o calor excessivo da cama solar pode afetar o bebê, produzindo problemas em sua coluna vertebral. Este resultado não é consequência somente das camas de bronzeamento artificial, mas também de saunas e qualquer lugar com temperaturas muito elevadas.

Uma alternativa saudável

Uma boa alternativa para ficar bronzeada sem expor-se a estes riscos, são as loções bronzeadoras. Você pode encontrá-las em muitos formatos e escolher a mais adequada ao seu tom de pele.

Você por estar interessado

Prurido (comichão)

A barriga coça? Novamente, a alteração hormonal produzida durante a gravidez é a culpável. É normal que isso aconteça, mas é sempre melhor verificar com seu médico.

Prurido (comichão)



A barriga coça? Novamente, a alteração hormonal produzida durante a gravidez é a culpável. É normal que isso aconteça, mas é sempre melhor verificar com seu médico.

O prurido na pele é comum na gravidez. Sua pele está mais seca e geralmente pode causar a coceira. Pode ocorrer em qualquer parte do corpo, mas especialmente na pele do abdômen e principalmente nas estrias que parecem progredir na gravidez. Você também pode ter prurido ao redor dos tornozelos que está ligada as alterações nas veias das pernas. De qualquer forma, é um prurido leve que não a deixar acordar na noite e raramente deixa marcas de se ter coçado.

O prurido cede com a aplicação de loções hidratantes, mas você deve consultar com seu médico ou dermatologista para saber o que você não pode usar.

Em outros casos, o prurido pode ser devido a infestações parasitárias, tais como escabiosis (sarna), doenças hepáticas como cirrose biliar primária ou colestase gravídica, doença renal, tireoidea ou cutânea. Em geral, nestes casos, o prurido pode ser muito intenso, especialmente nas palmas e nas plantas do pé, chegando a acordá-la na noite ou não a deixar dormir. Isso também causa uma comichão tão intensa que deixa marcas. Com qualquer uma dessas últimas características, é importante consultar com o médico.

Você por estar interessado