Estreptococo B

As doenças infecciosas podem colocar sua gravidez em risco, afetando a saúde de seu bebê. O estreptococo B é uma bactéria que produz uma destas doenças e pode ter consequências muito sérias se não diagnosticada a tempo.

Também chamada estreptococo beta hemolítico, é uma bactéria normal no intestino de todos os seres humanos e que, por contato, passa do aparato intestinal ao genital através do períneo. A infecção se caracteriza por não ter sintomas específicos.

Riscos para a gravidez

Apresenta-se em até 30% das mulheres grávidas. 90% dos bebês não ficam doentes ao nascer, mas os que ficam podem sofrer complicações graves.

As doenças mais frequentes nos recém-nascidos infectados são a infecção no sangue, a meningite e a pneumonia. Os sintomas nos bebês podem aparecer na primeira semana de vida e também mais tardiamente, dentro dos 3 primeiros meses. O efeito da meningite por este germe é muito perigoso, já que somente 30% dos bebês se recuperam. Esta doença também pode deixar sequelas neurológicas que podem causar do dano até a paralisia cerebral.

Felizmente, há tratamentos muito efetivos para prevenir estas situações. É recomendável que por volta da 37ª semana de gravidez, você colha uma amostra para detectar se o germe está presente em sua zona vaginal. Se estiver, você realizará um tratamento para que não haja nenhum efeito sobre o seu bebê. Em alguns casos, o tratamento é realizado mesmo sem o exame. Isso acontece com quem teve antecedentes da ocorrência desse germe e infecções causadas por ele quando ainda bebê, também por ruptura da bolsa 18 horas ou mais antes do parto. Este tratamento consiste em tomar antibióticos por via endovenosa durante o trabalho de parto.

Você por estar interessado

Sutiãs de Maternidade

Sutiãs de Maternidade



Ao escolher um sutiã de maternidade, as escolhas são infinitas, então não há motivo para não encontrar um que se encaixe confortavelmente e que a faça sentir-se bem.

Se você sempre comprou o mesmo tamanho de sutiã desde a adolescência, quando seus seios pararam de crescer, isso pode ser uma surpresa. Não pense que você necessariamentre ainda vai usar o mesmo tamanho de sutiã agora que está grávida. Mais do que nunca, é importante que um especialista em sutiãs a aconselhe corretamente. Geralmente, você pode encontrá-los em lojas de departamento e dentro de lojas especializadas em lingerie.

Quando devo comprar um sutiã de maternidade?

Um sutiã de maternidade incorreto pode gerar tensão no pescoço, ombros e costas. Muitas mulheres só percebem que existem outras alternativas, até tentar um sutiã mais confortável.

No primeiro trimestre da gravidez, os seios da maioria das mulheres já passaram por uma mudança significativa. A rigidez e a sensibilidade, junto com o aumento do tamanho, fazem à maioria das mulheres sentirem muito mais incomodo em seus seios. Cada mulher experimenta mudanças únicas em seus seios, embora o aumento de tamanho e peso do tecido mamário seja comum.

A maioria das alterações mamárias durante a gravidez ocorrem nos primeiros quatro meses. Essas mudanças hormonais são essenciais e inevitáveis durante a gravidez, pois preparam os seios para amamentação. Mudanças rápidas no tecido mamário, tamanho e forma, fazem que você se sinta desconfortável com seus seios sem um sutiã apropriado. Se normalmente você evita usar sutiãs, usando apenas tops, talvez seja necessário repensar suas opções de roupas íntimas.

Por que eu deveria comprar um sutiã de maternidade?

Como eles são desenhados para fornecer um nível de suporte diferente do que os sutiãs normais, não possuem fios rígidos e tendem a ter alças mais largas e mais opções de gancho para o fechamento nas costas. Eles são muito diferentes dos sutiãs normais que são desenhados para o tecido mamário não lactante e muitas vezes podem ter a moda e a aparência como uma prioridade

Importa se eu não quiser usar um sutiã de maternidade?

Você não é obrigada a fazer nada, a escolha é totalmente sua. Algumas mulheres não se adaptam bem a esse tipo de sutiã e outras, sim.

No entanto, usar um sutiã, sem dúvida, ajudará a evitar o alongamento do tecido mamário ajudando a reduzir a flacidez e o desconforto.

O que devo procurar quando comprar um sutiã de maternidade?

Três palavras responderão a esta pergunta: conforto, apoio e aparência, cada um desses fatores é igualmente importante. Todas nós tivemos a experiência de vestir um sutiã desconfortável e quando o fazemos, tudo o que pensamos é tira-lo.

Que mulher não entrou na casa, depois de um longo dia, tirou o sutiã e sentiu um grande alívio?

Posso usar os mesmos sutiãs de maternidade para todas as minhas gravidezes?

É possível, desde que estejam em boas condições e não tenham perdido suas propriedades de suporte. Muito uso e a lavagem podem corroem as fibras e, como qualquer outra roupa, os sutiãs de maternidade têm vida útil.

Cada gravidez coloca novas exigências e alterações hormonais sobre os seios de uma mulher e a taxa de crescimento dos seios pode ser diferente para cada gravidez.

Cuidado dos sutiãs de maternidade

Embora os fabricantes recomendem lavá-los à mão, é muito difícil ter tempo para isso. No entanto, se você cuidar de seus sutiãs de maternidade, eles cuidarão de você e durarão mais do que se você os colocar na máquina de lavar.

Evite lavar com água quente, isso só irá destruir as fibras elásticas e qualquer cordão que tenha. 

Você por estar interessado