Passando por uma gravidez de trigêmeos

Se você ficou sabendo que vai ter trigêmeos, com certeza também vai saber que tem que se cuidar muito durante a gravidez, especialmente na segunda metade da gestação.

Seu peso aumentará entre 19 e 23 kg. Os bebês vão nascer menores do que se fosse uma gravidez simples: provavelmente seu peso oscilará entre 1.800 e 2.400 gramas. Mas não se assuste: costumam ser mais maduros do que um bebê de gravidez única de mesmo período de gestação. Compartilhar o útero com outros irmãos supõe certo grau de estresse e isso acelera seu processo de desenvolvimento funcional e também gestações mais curtas: a falta de espaço desencadeia um parto mais precoce.

Costuma-se praticar cesárias em nascimento de trigêmeos, para evitar possíveis riscos e é provável que os bebês tenham que passar um tempo na incubadora.

  • Três óvulos diferentes fecundados por respectivos espermatozoides: O resultado são três bebês, cada um com seu material genético diferente, que se parecem como irmãos e podem ser do mesmo sexo ou não.
  • Dois óvulos diferentes e um deles se divide em dois: Se gera então um fraterno e dois idênticos, esses últimos do mesmo sexo.
  • Um só óvulo que se divide e um deles se volta a dividir: Nesse caso, os trigêmeos são idênticos e possuem particularidade dos gêmeos idênticos.

Você por estar interessado

Prurido (comichão)

A barriga coça? Novamente, a alteração hormonal produzida durante a gravidez é a culpável. É normal que isso aconteça, mas é sempre melhor verificar com seu médico.

Prurido (comichão)



A barriga coça? Novamente, a alteração hormonal produzida durante a gravidez é a culpável. É normal que isso aconteça, mas é sempre melhor verificar com seu médico.

O prurido na pele é comum na gravidez. Sua pele está mais seca e geralmente pode causar a coceira. Pode ocorrer em qualquer parte do corpo, mas especialmente na pele do abdômen e principalmente nas estrias que parecem progredir na gravidez. Você também pode ter prurido ao redor dos tornozelos que está ligada as alterações nas veias das pernas. De qualquer forma, é um prurido leve que não a deixar acordar na noite e raramente deixa marcas de se ter coçado.

O prurido cede com a aplicação de loções hidratantes, mas você deve consultar com seu médico ou dermatologista para saber o que você não pode usar.

Em outros casos, o prurido pode ser devido a infestações parasitárias, tais como escabiosis (sarna), doenças hepáticas como cirrose biliar primária ou colestase gravídica, doença renal, tireoidea ou cutânea. Em geral, nestes casos, o prurido pode ser muito intenso, especialmente nas palmas e nas plantas do pé, chegando a acordá-la na noite ou não a deixar dormir. Isso também causa uma comichão tão intensa que deixa marcas. Com qualquer uma dessas últimas características, é importante consultar com o médico.

Você por estar interessado