Produtos de higiene íntima feminina

No mercado existem muitos tipos de produtos que cuidam da zona íntima da mulher. Para proteger a pele da vulva, lembre-se que não é bom limpar de maneira excessiva a lubrificação natural da vagina

Sabonetes em barra: os sabonetes em barra são os mais utilizados na higiene feminina geral, seja por tradição, ou pelo preço. Apesar de sua popularidade, facilidade de manipulação e preços mais acessíveis, o uso diário na genitália feminina pode trazer consequências indesejadas, já que sua composição e o pH alcalino podem promover o ressecamento e a diminuição da pele vulvar. Outro fator negativo está na probabilidade de uso compartilhado, o que aumenta o risco de contaminação, pois as bactérias podem ser passadas de uma pessoa à outra.

Sabonetes líquidos íntimos: vários sabonetes líquidos são produtos a base de ácido láctico, um componente natural da pele. Seu principal atributo é manter o pH o mais próximo do ideal para o desenvolvimento e manutenção das células da pele. Por esse motivo, é o mais indicado para uso durante a gravidez e o pós-parto, porém, não é recomendado em caso de infecções e inflamações genitais.

“Syndets”: também chamados de detergentes sintéticos, dermatológicos ou sabonetes sem sabão. Têm pH neutro ou ligeiramente ácido, efeito detergente, fazem espuma e podem existir em formas sólidas ou líquidos, o que faz de seu uso bastante agradável. Estes sabonetes são preparados predominanetemente a partir de substâncias sintéticas (não orgânicas) e quase sempre se apresentam em forma líquida.

Gel: é composto de uma fase aquosa (95% de água ou álcool) com pouca ou nenhuma quantidade de lipídios. Tem agentes tensoativos suaves, que fazem espuma ao massagear e o conferem poder adstringente. Seu uso é muito agradável, porque produz uma sensação de frescor.

Águas de limpeza: Utilizadas preferencialmente para limpar outros produtos ou para a higienização dos trocadores. Contêm detergentes, agentes umidificantes, amaciadores e têm, normalmente, água termal em sua base. São utilizidas em peles sensíveis, reativas ou atópicas e normalmente aplicadas com algodão.

Lenços umedecidos: têm base celulósica embebida em detergentes suaves e com adição de produtos amaciadores, fragrâncias e outros constituintes. Têm pH nas categorias de 5 a 6 e são úteis em algumas situações, como higienização fora de casa, em banheiros públicos, etc. Seu uso não deve ser excessivo, já que há o risco de retirar a película lipídica da pele. Sua aplicação deve ser muito suave e não agressiva. Também podem ser sensibilizantes pelas substâncias que contêm.

Você por estar interessado

Prurido (comichão)

A barriga coça? Novamente, a alteração hormonal produzida durante a gravidez é a culpável. É normal que isso aconteça, mas é sempre melhor verificar com seu médico.

Prurido (comichão)



A barriga coça? Novamente, a alteração hormonal produzida durante a gravidez é a culpável. É normal que isso aconteça, mas é sempre melhor verificar com seu médico.

O prurido na pele é comum na gravidez. Sua pele está mais seca e geralmente pode causar a coceira. Pode ocorrer em qualquer parte do corpo, mas especialmente na pele do abdômen e principalmente nas estrias que parecem progredir na gravidez. Você também pode ter prurido ao redor dos tornozelos que está ligada as alterações nas veias das pernas. De qualquer forma, é um prurido leve que não a deixar acordar na noite e raramente deixa marcas de se ter coçado.

O prurido cede com a aplicação de loções hidratantes, mas você deve consultar com seu médico ou dermatologista para saber o que você não pode usar.

Em outros casos, o prurido pode ser devido a infestações parasitárias, tais como escabiosis (sarna), doenças hepáticas como cirrose biliar primária ou colestase gravídica, doença renal, tireoidea ou cutânea. Em geral, nestes casos, o prurido pode ser muito intenso, especialmente nas palmas e nas plantas do pé, chegando a acordá-la na noite ou não a deixar dormir. Isso também causa uma comichão tão intensa que deixa marcas. Com qualquer uma dessas últimas características, é importante consultar com o médico.

Você por estar interessado