Semana 01: O começo

Neste momento é difícil saber seu estado de gravidez. Lembre-se que a data provável de seu parto traz um erro de mais ou menos 2 semanas. O atraso na menstruação é notado depois das 4 semanas que seguem a anterior.

Os testes de gravidez não detectam este estado inicial. Por isso, o mais provável é que você esteja lendo isto por interesse próprio ou por já estar em um estágio avançado da gravidez. Em todo caso, se esta tentando engravidar, pode ser que você esteja mais observadora no que diz respeito ao seu ciclo menstrual e que, inclusive, conheça suas datas de ovulação.

Sobre o ciclo menstrual

A menstruação permite que o corpo da mulher se prepare todos os meses para uma eventual gravidez. Começa no primeiro dia da menstruação e dura em média 28 dias. Não obstante, alguns ciclos irregulares podem durar de aproximadamente 23 a 35 dias.

Este processo permite o desenvolvimento dos gametas, células sexuais que permitem a fecundação, e o corpo da mulher se prepara para uma futura gravidez.

Durante a menstruação, o organismo feminino libera o endométrio, cobertura vascularizada que reveste o útero, por meio do canal vaginal. Nem todos os ciclos menstruais da mulher são iguais todos os meses.

Estes podem ser:

  • Leves
  • Moderados
  • Abundantes


Durante o ciclo menstrual se podem distinguir dois momentos importantes: o primeiro deles se chama fase folicular, e o segundo se chama lútea; são separados pelo fenômeno da ovulação.

Quanto dura uma gravidez?

Suas 40 semanas de gravidez se iniciam oficialmente no primeiro dia de seu último período menstrual, ou seja, na realidade, começa antes da concepção. A cada semana deve-se calcular de acordo com o primeiro dia de seu último período menstrual, assim como com sua idade gestacional. Se esta esperando a concepção, siga sua vida habitual no que tange às tarefas, exercícios e dietas saudáveis. Além disso, ingira a dose recomendada de ácido fólico.

Você por estar interessado

Semana 34: Compartilhando a alegria

É um bom momento para começar a informar-se sobre tudo o que se refere ao parto para tomar decisões conscientes e responsáveis sobre o nascimento do seu bebê.

Você pode deixar essa lista com alguém que se encarregue de avisar a todas as pessoas, assim, todos vão celebrar com você este momento tão especial da sua vida.

Seu corpo

  • Se esta difícil dormir uma noite inteira, experimente testar alguns conselhos simples: não tire sonecas à tarde, faça exercícios e mantenha-se bem hidratada. Além disso, evite o consumo de líquidos depois das 20 horas para não urinar com tanta frequência. Se não conseguir dormir, é melhor ler ou ver televisão e esperar que o sono volte.
  • Seu corpo suporta cada vez mais peso devido ao avanço da gravidez. Suas costas sofrem e isso provoca uma dor forte. Para isso, é recomendável um bom e relaxante banho de banheira.
  • Devido à pressão que o bebê exerce na sua pélvis, você tem a sensação de que ele desceu ainda mais.

Por outro lado, suas ansiedades e medos podem causar o aparecimento de dúvidas sobre o parto prematuro. Por isso, informe-se bem sobre quais são os sinais e sintomas deste parto:

  • Cólicas que se parecem às cólicas menstruais e que podem vir acompanhadas de diarreia, indigestão ou náuseas.
  • Um fluxo aquoso, de cor rosada ou café, acompanhada de um material mucoso.
  • Fluido amniótico saindo pela vagina.

Seu bebê

  • O bebê mede aproximadamente 43 cm e pesa ao redor de 2400g.
  • Ele se mexe bastante enquanto está acordado, mas, como os recém-nascidos, passa bastante tempo dormindo.
  • Os olhos do seu bebê agora ficam abertos enquanto ele está acordado e se fecham quando o pequeno dorme.
  • Seu sistema de imunidade está desenvolvendo defesas contra inúmeras doenças. Se for um menino, seus testículos já estão junto ao escroto.

Tentamos informar da forma mais precisa possível, mas tendo em conta que as taxas de crescimento e desenvolvimento da gestação são ocasionalmente diferentes para cada mulher, recomendamos que leia a semana exata de sua gravidez, também a semana antes e a semana depois. Em caso de dúvida, não hesite em contatar seu médico.

Você por estar interessado