Semana 23: Movimentos na sua barriga

Semana 23: Movimentos na sua barriga

Como parte da preparação para o parto, é importante que você se lembre de fazer exercícios para treinar os músculos do assoalho pélvico. Esses exercícios podem ser aprendidos nas aulas de pré-parto.

Estes exercícios te ajudarão logo depois do parto na recuperação dessa importante parte do organismo.



  • Cabe destacar que os cursos pré-parto são espaços de aprendizado, que ajudam a mãe a incorporar ferramentas simples para que o pré-parto e o parto propriamente dito possam ser vivencidos com naturalidade.
  • O/a obestetra responsável pela realização dessa aula fornecerá todos os conhecimentos para que você se sinta protegida e informada a respeito das probabilidades de parto (normal ou cesária). Além disso, esses tipos de cursos te permitem compartilhar experiências com outras mães.
  • Os cursos de preparação para o parto são compostos por uma parte teórica e exercícios práticos. As aulas começam aproximadamente entre o sexto e o sétimo mês de gravidez.



Exercícios pré-parto

A ginástica pré-natal é composta de diversos exercícios. Neste espaço te apresentamos alguns:

1. Deitada em um colchonete, eleve suas pernas e desenhe círculos no ar num movimento de dentro para fora. Esse exercício tem como objetivo aliviar as dores nas pernas e previnir inchaços.

2. Nessa mesma posição, apoie os pés no chão. Uma perna por vez, inicie o movimento de elevar a perna e flexionar os joelhos. Mantenha esta posição alguns segundos e volte à postura inicial.

3. De pé, apoiada em uma parede, visualize sua pélvis e eleve o púbis até o umbigo, depois retorne à posição inicial. Repita dez vezes ao dia.

Seu corpo



  • Se você ainda não sentiu, é muito provável que agora comecem a aparecer as contrações de Braxton Hicks.
  • Como já contamos, esse tipo de contração é normal. Ela é relativamente indolor, não afeta o bebê e não indica que você esteja em trabalho de parto. São contrações de preparação do útero para as atividades que serão desenvolvidas mais adiante.
  • Agora você tem que duplicar esforços para não ganhar mais que um kilo por mês. Ao exceder esse aumento, serão maiores as chances de aparecimento de sintomas incômodos como a dor nas costas e a fadiga.


Seu bebê



  • Seu bebê mede mais de 22 cm e pesa mais de 600 gr.
  • O pequeno ainda é um feto delicado. Grande parte do peso, nessa fase, vai para a gordura que lhe permite formar um isolamento do meio em que o rodeia, com isso o bebê poderá sobreviver fora de seu útero. Se ele nasce nesse momento, necessitará de algumas semanas de hospitalização.
  • Na semana 23 as formas dos olhos começam a ser definidas, seus cílios vão aumentar de tamanho e aparecerá algum pêlo nas sobrancelhas. Começa também o desenvolvimento de seus globos oculares.
  • Nas semanas que vêm pela frente, ele ganhará tamanho e peso, enquanto se definem ainda mais detalhes de sua anatomia e seu corpo se prepara para deixar o útero.
  • Seu bebê se move, dá voltas e se sacode. Isso acontece porque ainda há algum espaço dentro do útero. Esses movimentos são cada vez mais notáveis e podem chegar a ser um pouco dolorosos.


Tentamos informar da forma mais precisa possível, mas tendo em conta que as taxas de crescimento e desenvolvimento da gestação são ocasionalmente diferentes para cada mulher, recomendamos que leia a semana exata de sua gravidez, também a semana antes e a semana depois. Em caso de dúvida, não hesite em contatar seu médico.

Semana 41

Nesta semana você provavelmente vai sentir que tudo te irrita, até sua própria sombra e está esperando ansiosamente o dia "D". Embora o tempo de nascimento tenha vindo e ido, não sinta que você está passando pela gravidez mais longa da humanidade, menos de 5% das mulheres têm seu bebê na data prevista. Isso ocorre porque geralmente há dúvidas quanto à data exata em que o bebê foi concebido. Alguns bebês simplesmente demoram um pouco mais do que outros para "estarem prontos". Mesmo se você não sentir isso agora, sua gravidez terminará mais ou menos na semana que vem.

Semana 41

Nesta semana você provavelmente vai sentir que tudo te irrita, até sua própria sombra e está esperando ansiosamente o dia "D". Embora o tempo de nascimento tenha vindo e ido, não sinta que você está passando pela gravidez mais longa da humanidade, menos de 5% das mulheres têm seu bebê na data prevista. Isso ocorre porque geralmente há dúvidas quanto à data exata em que o bebê foi concebido. Alguns bebês simplesmente demoram um pouco mais do que outros para "estarem prontos". Mesmo se você não sentir isso agora, sua gravidez terminará mais ou menos na semana que vem.

Quando isso vai acabar?

Você pode ter discutido com seu médico sobre a possibilidade de induzir o parto esta semana, mas normalmente deve haver uma série de coisas a ser consideradas para que isso seja feito, incluindo o seu próprio bem e o bem-estar do seu bebê. Algumas mulheres estão tão sobrecarregadas com a excitação de estarem na semana 41 que é necessário induzir o parto, elas estão tão ansiosas que o estresse da espera pelo parto não é considerado bom para sua saúde mental e, portanto, é melhor iniciar o procedimento. Outras mulheres têm um estado de tranquilidade de "esperar e ver". Em suma, cada mulher tem sua própria maneira de lidar com os atrasos da gravidez.

As mudanças físicas desta semana

  • Na semana 41, seus exames pré-natais incluem a proposta de datas específicas ou a validação das datas propostas anteriormente. É possível que o médico te peça para fazer alguns CTG (Cardiotocografias) ou talvez um ultrassom. Eles podem medir a quantidade de líquido amniótico que envolve seu bebê, bem como seu tamanho e colocação na placenta.
  • É possível que o médico peça para você manter um registro do movimento e atividade do seu bebê durante esta semana, se houver uma mudança significativa ou seus movimentos diminuírem, você deve ir ao hospital.
  • Esta semana, você pode sentir pressão sobre o colo uterino, será uma sensação difícil de descrever, semelhante à dor de um teste de Papanicolau, e pode ir e vir, dependendo de quanta pressão exerce a cabeça do bebê. Além disso, seu colo uterino está amadurecendo agora, o que significa que está ficando mais fino e preparando-se para se dilatar. Durante o trabalho de parto, seu colo uterino deve dilatar-se 10 centímetros para permitir que a cabeça e o corpo do bebê saiam.
  • Você pode sentir um aumento de corrimento à medida que as células do colo uterino produzem uma substância branca e aquosa, algumas mulheres também produzem mucosa durante esta semana e, embora este não seja um verdadeiro sinal do parto, isso significa que algo está acontecendo.

As mudanças emocionais desta semana

  • Cada cãibra e cada dor pode ser um sinal de que chegou a hora e a espera acabou, ir para cama não permitirá que você descanse e você vai se perguntar se você vai acordar no meio da noite com a dor das contrações. Manter a calma na semana 41 é bastante difícil e parece impossível fazer planos, você sentirá que toda a sua vida depende de um grande evento.
  • Você tem todo o direito de se sentir frustrada, emocionada, ansiosa, exausta, inquieta, assustada, desconfortável e inquieta. Tente descansar, se quiser, e faça trabalhos simples que não exijam muita energia.
  • Tente consumir seu tempo com algum livro ou série, procure atividades que ajudem o tempo a passar mais rápido e a limpar a mente. Visite seus amigos, ou melhor, ainda, peça para que eles te visitem. Faça algo pela manhã e descanse um pouco à tarde, separe as atividades ao longo do dia.
  • Tente se imaginar no parto, imagine que está sendo forte e que está fazendo tudo o que seu corpo precisa para permitir que seu bebê nasça. Confie em seus médicos e tenha em mente a importância da sua saúde e a de seu bebê, isso deve ser o mais importante para todos.
  • Você pode ter visões ou sonhos estranhos sobre seu bebê esta semana, você pode sonhar que você já teve seu bebê ou que seu sexo não é o que você queria. Você pode se sentir mais cansada do que quando você foi dormir, sua imaginação pode voar quando há uma demora.

Mudanças do seu bebê esta semana

  • Você pode sentir que seu bebê está literalmente prestes a sair, especialmente se você já teve filhos. Tomara fosse tão simples. Seu bebê amadureceu, mas ainda não está pronto para sair.
  • Seu bebê já está bem desenvolvido e está mais do que pronto para respirar, comer, digerir, chorar e fazer todas as suas necessidades, caso ele decida chegar esta semana.

Você por estar interessado