Semana 37: Uma espera tranquila e feliz

É um bom momento para começar a repassar o que você aprendeu sobre o trabalho de parto, a respiração e o parto em si.

O bebê já está quase pronto para nascer e o trabalho de parto pode começar a qualquer momento. O pré-parto é parecido, mas não é o mesmo que um alarme falso. Entre os elementos que indicam que você possivelmente entrou em trabalho de parto estão: contrações regulares que não param, perda do tampão mucoso (seja branco, transparente ou com sangue) e a ruptura da bolsa de água. Nesses casos, é recomendável que você ligue para o seu médico, que dará o diagnóstico baseado no controle e tato do colo uterino.

Seu corpo

  • Seu útero cresceu e nesse momento mede entre 30 e 35 cm.
  • Os hormônios da gravidez e a pressão sobre a bexiga fazem com que você apresente episódios de incontinência urinária ao tossir ou rir. Isso é normal.
  • Tem a sensação de estar satisfeita após 3 ou 4 garfadas e é frequente, a essa altura da gravidez, a sensação de azia. As contrações podem acontecer durante todo o dia.

Seu bebê

  • Seu bebê mede aproximadamente 49 cm e pesa cerca de 3 kilos.
  • Com esse peso, ele já é considerado de tempo completo. Apesar de ainda faltar alguns dias, é provável que o bebê que nasça nesse momento não tenha nenhum tipo de complicação, isso deve te tranquilizar.
  • Ele realiza inalações de líquido amniótico como preparação para respirar ao sair da barriga.

Tentamos informar da forma mais precisa possível, mas tendo em conta que as taxas de crescimento e desenvolvimento da gestação são ocasionalmente diferentes para cada mulher, recomendamos que leia a semana exata de sua gravidez, também a semana antes e a semana depois. Em caso de dúvida, não hesite em contatar seu médico.

Você por estar interessado

Prurido (comichão)

A barriga coça? Novamente, a alteração hormonal produzida durante a gravidez é a culpável. É normal que isso aconteça, mas é sempre melhor verificar com seu médico.

Prurido (comichão)



A barriga coça? Novamente, a alteração hormonal produzida durante a gravidez é a culpável. É normal que isso aconteça, mas é sempre melhor verificar com seu médico.

O prurido na pele é comum na gravidez. Sua pele está mais seca e geralmente pode causar a coceira. Pode ocorrer em qualquer parte do corpo, mas especialmente na pele do abdômen e principalmente nas estrias que parecem progredir na gravidez. Você também pode ter prurido ao redor dos tornozelos que está ligada as alterações nas veias das pernas. De qualquer forma, é um prurido leve que não a deixar acordar na noite e raramente deixa marcas de se ter coçado.

O prurido cede com a aplicação de loções hidratantes, mas você deve consultar com seu médico ou dermatologista para saber o que você não pode usar.

Em outros casos, o prurido pode ser devido a infestações parasitárias, tais como escabiosis (sarna), doenças hepáticas como cirrose biliar primária ou colestase gravídica, doença renal, tireoidea ou cutânea. Em geral, nestes casos, o prurido pode ser muito intenso, especialmente nas palmas e nas plantas do pé, chegando a acordá-la na noite ou não a deixar dormir. Isso também causa uma comichão tão intensa que deixa marcas. Com qualquer uma dessas últimas características, é importante consultar com o médico.

Você por estar interessado