Semana 40: O milagre da vida

As 38 semanas de gravidez já se completaram e você conseguiu o maior milagre que existe: criar uma nova vida. Desejamos a você um ótimo parto, com certeza o seu bebê será o mais lindo do mundo!

Se você ainda não deu à luz ao seu bebê, não se preocupe e lembre-se que somente 5% das mães têm seus filhos na data estimada. Por tal motivo, recomendamos que você realize algumas atividades para acalmar sua ansiedade e canalizar positivamente toda a sua energia:

  • Tome um tempo para desfrutar de um livro e para caminhar tranquilamente e com cuidado junto com seu parceiro.
  • Revise novamente as coisas que levará ao hospital.
  • Converse e passe um tempo com suas amigas.
  • Pratique exercícios leves para aliviar as dores na coluna.

Tentamos informar da forma mais precisa possível, mas tendo em conta que as taxas de crescimento e desenvolvimento da gestação são ocasionalmente diferentes para cada mulher, recomendamos que leia a semana exata de sua gravidez, também a semana antes e a semana depois. Em caso de dúvida, não hesite em contatar seu médico.

Você por estar interessado

Prurido (comichão)

A barriga coça? Novamente, a alteração hormonal produzida durante a gravidez é a culpável. É normal que isso aconteça, mas é sempre melhor verificar com seu médico.

Prurido (comichão)



A barriga coça? Novamente, a alteração hormonal produzida durante a gravidez é a culpável. É normal que isso aconteça, mas é sempre melhor verificar com seu médico.

O prurido na pele é comum na gravidez. Sua pele está mais seca e geralmente pode causar a coceira. Pode ocorrer em qualquer parte do corpo, mas especialmente na pele do abdômen e principalmente nas estrias que parecem progredir na gravidez. Você também pode ter prurido ao redor dos tornozelos que está ligada as alterações nas veias das pernas. De qualquer forma, é um prurido leve que não a deixar acordar na noite e raramente deixa marcas de se ter coçado.

O prurido cede com a aplicação de loções hidratantes, mas você deve consultar com seu médico ou dermatologista para saber o que você não pode usar.

Em outros casos, o prurido pode ser devido a infestações parasitárias, tais como escabiosis (sarna), doenças hepáticas como cirrose biliar primária ou colestase gravídica, doença renal, tireoidea ou cutânea. Em geral, nestes casos, o prurido pode ser muito intenso, especialmente nas palmas e nas plantas do pé, chegando a acordá-la na noite ou não a deixar dormir. Isso também causa uma comichão tão intensa que deixa marcas. Com qualquer uma dessas últimas características, é importante consultar com o médico.

Você por estar interessado