Mais de um bebê: parto normal ou cesárea?

Em um parto múltiplo,a probabilidade de que a cesária seja necessária é mais alta do que em um parto individual.

A escolha entre parto cesária e vaginal depende de vários fatores:

  • A posição dos bebês
  • A evolução da gravidez
  • O momento em que o trabalho de parto começa. Em caso de parto prematuro, não é possível a realização do vaginal.
  • O estado da mãe e dos bebês.

Em caso de gêmeos, se ambos os bebês se encontram com a cabeça para baixo e não existem outras complicações, no geral, eles nascem via parto vaginal. No entanto, menos de 50% dos bebês se encontram em posição cefálica no momento do parto. Com frequência, um ou os dois se encontram em situação transversal (encostadas em seu abdômen) ou em posição podálica (sentado). Nesses casos, um ou os dois bebês nascerão por cesária. Em caso de trigêmeos, ou parto de mais bebês, aumenta a probabilidade de um parto por cesária.

Você por estar interessado

Sintomas de que o parto está próximo

O sinal que melhor indica o momento do parto é o começo das contrações. No entanto, existem alguns outros sintomas que podem alertar sua aproximação.

Sensação de que o bebê está mais para baixo: ao preparar-se para o canal do parto, o bebê desce e pressiona o púbis. Isto pode ocorrer semanas ou momentos antes do parto.

Aumento das secreções vaginais: pode ser transparente, rosado ou com rastros de sangue. É a perda do tampão mucoso, que pode ocorrer alguns dias ou horas antes do parto.

Rompimento da bolsa: é a descarga do fluxo aquoso da vagina, um líquido quente que corre pelas genitais. Isto pode ocorrer várias horas antes das dores do parto.

Quando ligar para o seu obstetra?



  • Sempre que a bolsa de água romper, inclusive se você não tiver dores, nem contrações.
  • Se o bebê parou de se mexer na barriga.
  • Se houver hemorragia vaginal distinta das secreções com rastros de sangue.


Se você não tiver nenhum destes sintomas, o método para identificar o momento de ligar para o seu médico é calcular o tempo entre uma contração e outra. Também se as contrações são intensas e regulares, se o intervalo entre uma e outra vai diminuindo e se movimentar ou mudar de posição não aliviar a dor. Mas fique tranquila, há tempo: do trabalho de parto até o nascimento podem passar de 8 a 12 horas.

Você por estar interessado