Bancos de células-tronco

Estudos recentes indicam que no sangue do cordão umbilical do recém-nascido se encontra uma grande quantidade de células-tronco, as quais podem servir, por exemplo, para o tratamento de muitas doenças.

Células-tronco são as células que possuem a capacidade de criar todos os tecidos, órgãos e sistemas do organismo e, além disso, são capazes de se dividir infinitamente.

As células-tronco obtidas da medula óssea, localizada no centro de alguns ossos, são utilizadas em transplantes para tratar de doenças do sangue e do sistema imunológico, como leucemia, linfomas, síndromes mielodisplásticas, talassemia, tumores de medula óssea, entre outros.

Tratamento de doenças


De acordo com estudos, a utilização de células-tronco provenientes do cordão umbilical permite o tratamento de algumas doenças, evitando o risco de incompatibilidade no transplante, já que não é possível que sejam rejeitadas pelo organismo quando provém do mesmo indivíduo.
Por outro lado, como se encontra em etapa experimental, os cientistas prevêm que a utilização das células-tronco poderá ser a cura para doenças como diabetes, artrose reumática, lupus eritematoso e mal de Parkinson e Alzheimer.

Quais países contam com esse desenvolvilmento científico?


Brasil, Argentina, Estados Unidos, Inglaterra, Espanha e México contam com empresas, tanto no âmbito privado como público, que oferecem o serviço de Bancos de células-tronco de cordão umbilical. As empresas privadas oferecem um seguro biológico próprio, uma reserva de células-tronco particular que pode ser utilizada quando o doador necessitar durante sua vida, ou quando quiser doar a algum familiar direto com quem ele seja compatível.

Quanto ao âmbito público, há hospitais que oferecem a possibilidade de doação de sangue do cordão umbilical para formar parte do Banco Público de Sangue do Cordão Umbilical à disposição de pessoas que necessitem.

Como todo novo desenvolvimento científico, existem posições divergentes quanto à utilidade que um indivíduo particular possa dar a sua própria reserva de células-tronco provenientes do cordão umbilical, mas a comunidade cientifica ainda não provou a utilidade e o potencial que essas células-tronco possuem.

Você por estar interessado

O sono do bebê recém-nascido e suas duas fases

Como é o descanso do bebê? Quando dorme e com que frequência acorda? O sono do pequeno parece uma questão difícil, mas não é. Se entendermos as características desse sono, vamos nos dar conta de que se trata de algo lindo.

Um dos segredos para conhecer o seu bebê e também para o ajudar a conciliar o sono, é mergulhando nos seus mistérios. Do mesmo modo que nós adultos temos diferentes formas de dormir, os bebês também apresentam suas particularidades, embora existam características comuns.

Se prestar atenção no sono do seu filhinho, você se dará conta que ele tem uma maneira própria de dormir. Não é apenas porque dorme muitas vezes ao dia e nem porque cada sono dura em média três horas, mas sim devido ao que faz ou deixa de fazer enquanto dorme. Os recém-nascidos têm duas fases de sono: o sono profundo e o sono ligeiro.

Fase 1: o sono profundo

 No sono profundo, o bebê tem uma respiração regular e profunda. Sua postura na cama é de entrega total, o seu corpinho fica relaxado e, geralmente, tem as mãos abertas, a feição tranquila e sorridente. Despertá-lo nesta fase do sono é altamente incômodo para o bebê, o qual se sente jogado da cama.

Fase 2: o sono ligeiro

A fase do sono ligeiro é muito fácil de reconhecer, pois embora os olhos estejam fechados, se você prestar atenção, vai detectar movimentos rápidos do globo ocular abaixo das pálpebras. Outros sinais de que está nesta fase são as mãos fechadas, a testa franzida, move-se um pouco e sua respiração é irregular. Se precisar acordá-lo que seja quando ele esteja em sono ligeiro, já que o despertar será menos traumático.

A pergunta agora é como despertar o bebê sem que chore. Já percebeu como ele estremece ao ser acordado com barulho? Por isso, é aconselhável usar a voz baixa e movimentos lentos para que o despertar não seja um tormento, e sim um instante tão prazeroso quanto dormir.

 

Você por estar interessado