Mantenha o seu otimismo: todos conseguem!

Mantenha o seu otimismo: todos conseguem!

Não vai ser fácil para o seu bebê deixar as fraldas... Porém, mais cedo ou mais tarde irá conseguir. Fique tranquila e leia estes conselhos.

Durante o processo de aprendizagem para ir ao banheiro podem acontecer muitas coisas. Às vezes, o período tem retrocessos que fazem com que o bebê volte a fazer suas necessidades de maneira involuntária. A isto se dá o nome de encoprese, o que nada mais é do que uma consequência da prisão de ventre. Tenha em mente que o seu bebê não está fazendo de propósito. Assim sendo, não adianta brigar com ele, pelo contrário, isto só fará aumentar o problema.

O seu bebê lhe dá os sinais…

As regressões costumam mostrar a dificuldade do aprendizado, já que para o pequeno implica um grande esforço poder controlar a bexiga e o ânus. Fique tranquila e volte a colocá-lo a fralda. Depois pode pedir ao seu filho que ele lhe avise quando se sentir preparado. Uma boa ideia é observar os avanços do bebê e premiá-lo com algo estimulante sempre que alcance uma nova conquista.

Em alguns casos, pode-se gerar infecções na bexiga por questões psicológicas (não poder controlar o próprio corpo, não poder cumprir com os desejos dos pais), mudanças na cor ou no cheiro da urina, diminuição do jato urinário, incontinência vesical ou ardor ao urinar (que se conhece como disúria). Não hesite em consultar o seu pediatra se surgir alguma dessas situações, mas sempre mantendo a calma e sem alarmar o seu neném.

Não raramente, as causas do problema são de ordem psicológica. É preciso muita paciência, amor, compreensão e carinho. Todos conseguem!

Você por estar interessado

Cuidados na cozinha

A criança pegará tudo o que esteja ao seu alcance, mesmo que não saiba do que se trata. Por este motivo, é importante que os pais ajudem a evitar acidentes na cozinha.

Os acidentes domésticos são bastante comuns nesta fase. A criança quer explorar tudo e não tem noção do perigo. Sendo assim, é importante que levem em conta estas recomendações que evitarão acidentes na cozinha:

  • Os cabos das panelas devem estar sempre para dentro.
  • Cozinhem com as bocas de trás. Tirem os fósforos e isqueiros do seu alcance.
  • Coloquem proteção na porta do forno para evitar que o abra e se queime.
  • Não deixem elementos cortantes ou pontiagudos ao alcance do pequeno.
  • Não deixem alimentos ou líquidos quentes sobre a mesa. A criança pode derramá-los e provocar queimaduras graves.
  • Não deixem elementos pesados na beira da mesa como panelas, eletrodomésticos, etc. A criança pode puxá-los e acabar caindo em cima dela.
  • Não deixem alimentos crus ao alcance.
  • Não atendam ao telefone ou a campainha quando estiver cozinhando, a menos que seja extremamente necessário. O menor descuido pode dar lugar a um acidente.
  • Tirem os produtos de limpeza que estejam ao alcance da criança. Nunca guardem substâncias químicas em garrafas de refrigerante (querosene, água sanitária, etc). Também evitem as garrafas de vidro.
  • Fechem o registro do gás quando não o estejam utilizando, já que é comum que as crianças brinquem com os puxadores do fogão.

Você por estar interessado