Gestante sentada com as pernas esticadas

Gravidez de risco: principais fatores, sintomas e cuidados

Kimberly Clark Brand Mais Abraços // Segunda-feira 4 Dezembro, 2023 // #gestacao, #gravidez de risco

Durante a gestação, algumas mulheres se encaixarão em um grupo conhecido genericamente como "gravidez de risco". Embora o termo não signifique uma doença em si, ele serve de alerta para a gestante — e também para a equipe médica que faz o acompanhamento — de que esse caso em específico deve ser monitorado mais de perto. 

Isso porque essas mulheres têm com mais frequência complicações ao longo dos nove meses ou durante o parto. Mas não há motivo para pânico: com consultas e exames regulares, os profissionais da saúde podem acompanhar o quadro de perto, orientar adequadamente e intervir, se acharem necessário. Esse cuidado próximo, inclusive, é a chave para prevenir complicações. 

Nesse artigo, você vai entender como se define uma gravidez de risco — e quais são as ferramentas da medicina para monitorar essa condição.  

O que é gravidez de alto risco? 

De acordo com a biblioteca virtual do Ministério da Saúde, a gestação de alto risco é “aquela na qual a vida ou a saúde da mãe e/ou do feto e/ou do recém-nascido têm maiores chances de serem atingidas que as da média da população considerada”. 

Em outras palavras, se os pesquisadores observam toda a população de mulheres grávidas e determinam que a probabilidade de elas desenvolverem determinada complicação é de 1X, nas gestantes de alto risco, esse número é estatisticamente maior (pode ser de 2X ou 4X, por exemplo). 

A biblioteca do Ministério da Saúde ainda destaca que não existem tabelas ou fórmulas matemáticas capazes de predizer com certeza o risco de uma mulher ter uma gravidez de alto risco.  

Mesmo assim, os profissionais de saúde conhecem o conjunto de sintomas e doenças que ajudam a determinar quem faz parte desse grupo ou não.  

Gravidez de risco: sintomas 

Em linhas gerais, os médicos não costumam falar em sintomas quando o assunto é uma gravidez de risco. Eles avaliam mais o quadro geral e a presença de uma série de características físicas e condições de saúde, que permitem avaliar se a mulher e o bebê precisam de um acompanhamento ainda mais criterioso. 

Segundo a última edição do Manual de Gestação de Alto Risco, publicada pelo Ministério da Saúde em 2022, entre os fatores que são levados em conta para classificar a gestação como “de risco”, os profissionais da saúde prestam atenção em: 

  • Idade: gestantes muito jovens (de 15 a 19 anos) ou mais velhas (acima dos 35 anos); 

  • Peso: grávidas com Índice de Massa Corporal (IMC) abaixo de 20 (o que indica um quadro de subnutrição) ou acima de 25 (sobrepeso) e 30 (obesidade); 

  • Altura: mulheres com menos de 1,5 metro de altura; 

  • Anomalias no aparelho reprodutor feminino, como miomas uterinos; 

  • Problemas ocorridos em gestações anteriores: partos prematuros, bebês que nascem abaixo do peso ou com doenças congênitas; 

  • Histórico de abortos espontâneos repetidos; 

  • Histórico de doenças anteriores à gravidez: hipertensão arterial, diabetes, doenças renais e infecciosas, insuficiência cardíaca, entre outras. 

Além desses fatores prévios, os médicos também colocam na balança alguns problemas de saúde que podem aparecer ao longo dos nove meses de gestação para medir esse risco. 

A mulher pode desenvolver, por exemplo, quadros de hipertensão arterial, diabetes e infecções.  

Além disso, a mulher pode ser exposta a compostos que representam um risco para ela e para o bebê em desenvolvimento — como radiação, produtos químicos (como chumbo, gasolina ou mercúrio) e determinados medicamentos (como alguns antidepressivos ou antibióticos) — que podem acender um alerta.  

Por fim, não custa reforçar: o aparecimento de sinais de alarme, como dor de cabeça muito forte, alterações visuais, contrações no útero, sangramento, corrimento excessivo, perda de líquido pela vagina, dor ao urinar e pernas inchadas exigem uma avaliação imediata do médico. 

Como saber se a gravidez é de risco? 

Durante as consultas de pré-natal, o profissional de saúde faz uma série de perguntas para acompanhar o estado de saúde da mulher e do bebê. Essas questões já servem de guia para suspeitar de algum risco específico. 

Outra estratégia para determinar possíveis complicações durante a gravidez ou o parto são os exames, como exames de sangue (que medem a glicemia, capaz de sugerir um quadro de diabetes, por exemplo) ou o ultrassom (que provê imagens do útero, da placenta e do próprio bebê), além, claro, do exame físico, que é capaz de detectar sinais de alterações de saúde. 

Ao juntar todas essas informações, é possível determinar com clareza a probabilidade de complicações e a necessidade de um acompanhamento mais criterioso da gestação. 

Gravidez de risco: idade importa? 

A idade da mulher é um dos fatores determinantes na hora de classificar uma gestação de alto risco. 

Mas, afinal, com qual idade é considerado “gravidez de risco”?  

Os manuais apontam que adolescentes de 15 a 19 anos que esperam um bebê apresentam uma probabilidade maior de desenvolver pré-eclâmpsia (o aumento da pressão arterial específica da gravidez), parto prematuro e anemia. Os bebês comumente também nascem com peso mais baixo que a média. 

Já entre as mulheres mais velhas, acima dos 35 anos, quadros como hipertensão e diabetes gestacional são mais frequentes. Elas também apresentam índices maiores de complicações na hora do parto ou descolamento da placenta. 

Doença de tireoide é considerada gravidez de risco? 

A tireoide é uma glândula em formato de borboleta que todos temos na região do pescoço. Ela é responsável por produzir os hormônios que ditam o ritmo de nosso metabolismo. 

Quando essa fabricação está lenta ou insuficiente, temos um quadro de hipotireoidismo. Se ela está acelerada ou excessiva, trata-se de hipertireoidismo. 

Segundo o manual do Ministério da Saúde, doenças da tireoide podem sim compor um quadro que define uma gestação de risco. 

Por isso, é importante que as mulheres façam exames de rotina (como a dosagem dos hormônios TSH e T4) e, se for o caso, passem por um tratamento que ajuste e controle o ritmo da tireoide. 

Diabetes gestacional é considerada gravidez de risco? 

A resposta é sim, mais uma vez. Trata-se de um quadro marcado pelo descontrole dos níveis de glicose (oi, popularmente, “açúcar”) no sangue durante os nove meses de gravidez.  

Se esse fator de risco não for controlado, há o risco de aborto espontâneo, defeitos congênitos, bebês muito grandes (com mais de 4,5 kg ao nascer), pré-eclâmpsia, necessidade de parto por cesariana, entre outros. 

Seguir o tratamento indicado pelo médico, no entanto, permite diminuir drasticamente o risco dessas complicações na maioria das vezes. 

Gravidez de alto risco: pode ter parto normal? 

A possibilidade de ter um parto normal dependerá muito de cada caso e da avaliação da equipe de profissionais de saúde. Se todos os fatores de risco estiverem controlados e não houver risco à saúde da mulher ou do bebê, o parto normal pode, sim, acontecer. 

Mas há casos em que os médicos optam pela cesárea, principalmente quando é necessário adiantar o parto ou há uma emergência. Por isso, converse sempre com a equipe que te acompanha e tire todas as suas dúvidas. 

Como funciona o afastamento por gravidez de risco? 

Mulheres que têm acesso ao INSS e que enfrentam uma gestação de alto risco podem ser afastadas do trabalho antes do início do período de licença-maternidade. A lei brasileira define que os primeiros 15 dias de afastamento devem ser pagos pela empresa onde ela trabalha. A partir daí, o benefício de auxílio-doença é custeado pelo próprio INSS. 

Para ter acesso a esse valor, as gestantes com alto risco precisam apresentar um laudo médico e passar por uma perícia. Caso o pedido feito pelos canais oficiais do INSS seja negado, há a possibilidade de recorrer à Justiça para resolver a questão.   

# 2D # 3D # 20-semana # 21 semanas de gestacao # 23 semanas de gestacao # 26 semanas de gestação # 3-meses # abdominal # aborto espontâneo # academy # acne neonatal # acompanhantes no parto # acucar # adoção # afeto # agua # alergia # alimentacao # alimentação # alimentação do bebê # alimentação na gravidez # alimentos # alimentos para anemia # almofada de amamentação # amamentacao # amamentação # amigos # amor # anemia # anemia na gravidez # angustia da separação # animais # ansiedade # apneia do sono # apneia do sono em bebês # apoio # aprendendo # aprender # arroto # assadura # atividade-fisica # atonia uterina # autismo # autocuidado # autoestima # baba # baby blues # banho # banho de sol # bebe # Bebê # bebê # bebe acima do umbigo # bebe engasgado # bebe pélvico # bebe prematuro # bebe-recem-nascido # bebes # Bebês # bebês # bem-estar # beneficios # bingo em cha de bebe # birras # bloquinhos de carnaval infantil # bolo # bolo de fraldas # bolsa # bolsa de praia para bebe # bonita # brincadeira # brincadeiras para pascoa # brinquedos # brotoeja # burnout # cabelo # cabelo do bebe # cadeirinha # calcinha absorvente # calcinha pós-parto # calcio # canal # candidiase na gravidez # cansaco # cansada # Carnaval # carnaval # carreira de mãe # carrinho # casais # catapora # caxumba # cefalica # celulas-tronco # cerclagem uterina # cesarea # cesariana # cha-bar-de-bebe # cha de bebe # cha-de-bebe # cha-de-bencao # cha de fraldas # chá de fraldas # cha-de-fraldas # cha de revelacao # cha de revelação # charraiá de fraldas # chás na gravidez # checklist # choro # cirurgias # citomegalovirus # coceira # cocô do bebê # colestase # colestase gestacional # cólica na gravidez # colica nos bebes # colicas # colo do útero # colo do utero dilatado # colostro # colostro na gravidez # comemoracao # comida # como organizar # como organizar um chá revelação # como prevenir doenças respiratórias # companheirismo # complicacoes # comunicar # constipação # consumo sustentável # contração # contraceptivos # contracoes # contrações de Braxton-Hicks # conversas # convite cha de fraldas # convites # coração do bebe # cordao # cordao umbilical # cordão umbilical # cor dos olhos do bebe # corpo # corrimento # corte de cabelo do bebe # cosmeticos # coto umbilizal # creche # crescimento # crianca # criança # criancas # Crianças # crianças # crosta lactea # cuidado # cuidados # culpa # data # data de parto # decoracao # decoração # decoração para chá revelação # defesas # dengue # dentes # dentista # depois-dos-40 # dermatite # desapego # descanso # descobrir o sexo do bebê # descolamento-de-placenta # desenvolvimento # desenvolvimento do bebe # desenvolvimento do bebê # desenvolvimento infantil # diabetes # diabetes-gestacional # diastase # dicas # diferente # disciplina positiva # disney # diu # doencas # doenças respiratorias # doenças respiratorias no inverno # doente # dor # dores # dormir # dor no pe da barriga # doula # ebook # ecografia # economia # economizar # eczema # educacao # educação # educacao infantil # educação-positiva # emocao # emocoes # empreendedorismo # emprego # empresa # endometriose # engravidar # enjoo # enxoval # episiotomia # estagios # estimulacao # estomago # etapas # exame beta hcg # exames # exercicio # exercício # exercicios # fala # falta de ar # familia # família # familia monoparental # fases # fatiga # fator-rh # faxineira # febre em bebe # ferro # fertilização assistida # fertilização in vitro # fertilização-in-vitro # festa # fezes do bebe # ficas # figado # filho # filhos # fisioterapia-pelvica # fiv # forceps # formula # fototerapia neonatal # fralda # fralda eco protect # fralda respirável # fralda reutilizavel # fraldas # fungos em bebes # ganho de peso na gravidez # gases # gemeos # genero # gestacao # gestação # gestacao-multipla # gestacoes # gestante # gestantes # gravida # grávida # gravidas # Gravidez # gravidez # gravidez de risco # gravidez na maturidade # gravidez psicológica # gravidez silenciosa # gripe na gravidez # hemorragia # higiene # higiene bucal # higiene do sono em bebes # Higiene no Carnaval # higieni # higienizacao # hiperemese-gravidica # hipertensão gestacional # hipotermia # historia # historias # home office # hora da bruxa # Huggies # ictericia neonatal # idade-gestacional # ideias # imunidade # inchaco na gravidez # incomodo # inducao # infância # infeccao # infecção urinária # infecção urinária infantil # infertilidade # introducao alimentar # introducao-alimentar # iodo # irmao # irmaos # julio rocha # labio leporino # leite materno # lembranças # lembrancinha de aniversário infantil # lembrancinha de maternidade # lembrancinhas # licenca-maternidade # licença maternidade # licença-paternidade # limpeza # linguagem # linhas de evaporação no teste de gravidez # liquido # liquido amniotico # liquido-amniotico # mae # maes # mae solo # maisalegria # manchas # massagem # massagem para bebe # maternidade # maternidade solo # mecônio # medicacao # meditação # melasma na gravidez # menina # menino # menosestresse # menstruacao # método ramzi # moleira do bebe # momentos # motoras # movimentos # muco # muco cervical # mudanca # mudanças # mudar # mulher # mulheres # multipla # nariz # nasal # nascimento # neurodesenvolvimento infantil # nidação # noite # nome # nomes de bebes # nomes de bebês # nomes femininos # nutrição # nutrientes # oportunidades # ovulação # pai # pais # papanicolau # Parto # parto # parto humanizado # parto-multiplo # parto normal # parto pélvico # parto vaginal # páscoa # passinho # paternidade # paternidade ativa # pediatricas # pele # pele do bebe # pele do bebê # pele ressecada # perda gestacional # período fértil # peso # placenta # placenta previa # planejamento # plano de parto # plantas venenosas # podcast # podcast mais abraços # posicao # pos-parto # pós-parto # praia # prematuridade # prematuro # pré-natal # pre-natal # pré-parto # pre-parto # presente # presentes # prevenção de acidentes domésticos # Primeira infância # primeiro aniversario # primeiros-socorros # prolapso uterino # puerperio # quantidade # quero-engravidar # recem nascido # recem-nascido # recém-nascido # recem nascidos # recem-nascidos # recuperacao # rededeapoio # refluxo # relato # relato de parto # relaxar # remedios # repouso # reproducao assistida # reprodução assistida # resguardo # respiracao # rh # rifa # riscos # roseola infantil # rotina # roupa para bebês # roupas # roupas para gestantes # rubéola # saco gestacional # Saída de maternidade vermelha # sal # salario-maternidade # sangramento # sangramento de implantacao # sangue # saudavel # saude # saúde # saude bucal # saude mental # secreção # segundo filho # seguranca # segurança # seios # semana # semanas de gravidez # sexo # sexo do bebe # sexo pos parto # shantala para bebe # sharenting # sinais # sinais de parto # sindrome de couvade # sintomas # sintomas de caxumba # sintomas de gravidez # socializacao # sono # sono do bebe # sono do bebê # sonolencia # sujeira # suor # suplementacao # sustentabilidade # sustentavel # tamanho # tampao mucoso # temperatura do bebe # tentante # tentantes # tentantes, vida de tentantes # terrible two # teste da orelhinha # teste de gravidez # teste do pezinho # tipo de parto # tipos de placenta # tontura na gestação # trabalho # trabalho de parto # transicao # transtorno do espectro autista # transtorno opositor desafiador # trissomia 18 # troca # troca-de-fraldas # ultrassom # Unicef # urticaria # utero # útero # utero bicorno # utero em anteversoflexão # utero retrovertido # vacina # vacinas # varizes # ventilador para bebe # verão # viagem # viajar de aviao com bebe # violencia-obstetrica # virtual # visitas # vitaminas # vitamina-s # vomitos