Como evitar estrias na gravidez?

As estrias são um problema comum durante a gravidez. Com cremes e massagens, você pode combater sua presença no abdômen, no peito, nos quadris e nas coxas.

As estrias são um problema comum durante a gravidez. Com cremes e massagens, você pode combater sua presença no abdômen, no peito, nos quadris e nas coxas.

Durante a gestação, o corpo da futura mãe sofre muitas transformações, tanto pelas mudanças hormonais como pelo aumento de peso. As mudanças estéticas incluem o aparecimento de estrias, que desaparecem principalmente após o parto.

Marcas na pele

As estrias ocorrem quando as fibras de elastina da derme se rompem. Embora existam peles mais resistentes do que outras, o aumento do volume abdominal devido à gravidez facilita a aparência dessas marcas na pele.

Hidratação

Quando a gravidez é confirmada, é importante manter a pele:

• Nutrida

• Hidratada

• Elástica

Entre os cremes hidratantes recomendados neste período estão aqueles que possuem essências naturais que carregam vitamina A e E. Outro ponto a ter em mente é a alimentação, pois é muito importante quando se trata de manter a pele em boas condições.

Com massagens é melhor

O ideal é colocar os cremes duas vezes ao dia, por exemplo, de manhã e de noite. Recomenda-se fazê-lo com movimentos ascendentes e circulares. Também é bom fazê-lo penetrar suavemente pressionando com os dedos.

Após o parto

Geralmente, as estrias aparecem como linhas avermelhadas ou cor-de-rosa e, quando são mais velhas, atingem uma cor branca. Essas marcas geralmente não são apagadas quando elas aparecem, mas há maneiras de disfarçar sua presença através de alguns tratamentos. Dependendo da cor e intensidade das estrias, o especialista decidirá qual procedimento é o melhor.

As opções atuais atuam da seguinte forma:

• Estimulando as células produtoras de pigmento

•  Restaurando a elasticidade da pele e estimulando a produção de colágeno

Você por estar interessado

Semana 34: Compartilhando a alegria

É um bom momento para começar a informar-se sobre tudo o que se refere ao parto para tomar decisões conscientes e responsáveis sobre o nascimento do seu bebê.

Você pode deixar essa lista com alguém que se encarregue de avisar a todas as pessoas, assim, todos vão celebrar com você este momento tão especial da sua vida.

Seu corpo

  • Se esta difícil dormir uma noite inteira, experimente testar alguns conselhos simples: não tire sonecas à tarde, faça exercícios e mantenha-se bem hidratada. Além disso, evite o consumo de líquidos depois das 20 horas para não urinar com tanta frequência. Se não conseguir dormir, é melhor ler ou ver televisão e esperar que o sono volte.
  • Seu corpo suporta cada vez mais peso devido ao avanço da gravidez. Suas costas sofrem e isso provoca uma dor forte. Para isso, é recomendável um bom e relaxante banho de banheira.
  • Devido à pressão que o bebê exerce na sua pélvis, você tem a sensação de que ele desceu ainda mais.

Por outro lado, suas ansiedades e medos podem causar o aparecimento de dúvidas sobre o parto prematuro. Por isso, informe-se bem sobre quais são os sinais e sintomas deste parto:

  • Cólicas que se parecem às cólicas menstruais e que podem vir acompanhadas de diarreia, indigestão ou náuseas.
  • Um fluxo aquoso, de cor rosada ou café, acompanhada de um material mucoso.
  • Fluido amniótico saindo pela vagina.

Seu bebê

  • O bebê mede aproximadamente 43 cm e pesa ao redor de 2400g.
  • Ele se mexe bastante enquanto está acordado, mas, como os recém-nascidos, passa bastante tempo dormindo.
  • Os olhos do seu bebê agora ficam abertos enquanto ele está acordado e se fecham quando o pequeno dorme.
  • Seu sistema de imunidade está desenvolvendo defesas contra inúmeras doenças. Se for um menino, seus testículos já estão junto ao escroto.

Tentamos informar da forma mais precisa possível, mas tendo em conta que as taxas de crescimento e desenvolvimento da gestação são ocasionalmente diferentes para cada mulher, recomendamos que leia a semana exata de sua gravidez, também a semana antes e a semana depois. Em caso de dúvida, não hesite em contatar seu médico.

Você por estar interessado