Mudança cultural: mais gestações de múltiplos

Os números vêm mudando nas últimas décadas e a quantidade de partos múltiplos aumentou drásticamente nos últimos 15 anos. Fatores culturais e tecnológicos somaram muita relevância aos fatores naturais que predispõem uma mulher a esse tipo de gestação.

O aumento de gestações e partos de gêmeos tem uma razão biológica fundamental: o aumento da idade das futuras mamães. Atualmente, as mulheres adiam com frequência a maternidade para uma idade mais avançada.

Além de a sociedade priorizar na juventude a realização de objetivos acadêmicos, profissionais e econômicos, pesa também a crença de que uma idade mais avançada supõe mais maturidade e estabilidade, e, com isso, uma melhor preparação para a criação dos filhos.

A porcentagem atual de gravidezes em mulheres de mais de 30 anos, que desde uma perspectiva histórica e biológica são consideradas gestações tardias, aumenta as possibilidades de gestações múltiplas. Um terço dos gêmeos fraternos e idênticos são filhos de mães maiores de 30 anos.

Você por estar interessado

Prurido (comichão)

A barriga coça? Novamente, a alteração hormonal produzida durante a gravidez é a culpável. É normal que isso aconteça, mas é sempre melhor verificar com seu médico.

Prurido (comichão)



A barriga coça? Novamente, a alteração hormonal produzida durante a gravidez é a culpável. É normal que isso aconteça, mas é sempre melhor verificar com seu médico.

O prurido na pele é comum na gravidez. Sua pele está mais seca e geralmente pode causar a coceira. Pode ocorrer em qualquer parte do corpo, mas especialmente na pele do abdômen e principalmente nas estrias que parecem progredir na gravidez. Você também pode ter prurido ao redor dos tornozelos que está ligada as alterações nas veias das pernas. De qualquer forma, é um prurido leve que não a deixar acordar na noite e raramente deixa marcas de se ter coçado.

O prurido cede com a aplicação de loções hidratantes, mas você deve consultar com seu médico ou dermatologista para saber o que você não pode usar.

Em outros casos, o prurido pode ser devido a infestações parasitárias, tais como escabiosis (sarna), doenças hepáticas como cirrose biliar primária ou colestase gravídica, doença renal, tireoidea ou cutânea. Em geral, nestes casos, o prurido pode ser muito intenso, especialmente nas palmas e nas plantas do pé, chegando a acordá-la na noite ou não a deixar dormir. Isso também causa uma comichão tão intensa que deixa marcas. Com qualquer uma dessas últimas características, é importante consultar com o médico.

Você por estar interessado