bebê usando touca de vaquinha, deitado e tomando leite

Intolerância à lactose: como identificar em bebês e tratar

Kimberly Clark Brand Mais Abraços // Segunda-feira 28 Agosto, 2023 // #pais, #filhos, #desenvolvimento

Quando pensamos em intolerância à lactose, é comum associá-la a problemas enfrentados por adultos. Afinal, o leite e seus derivados, como o iogurte, são alimentos bastante identificados com a infância. No entanto, essa condição também pode se desenvolver entre bebês e crianças, e em casos raros, até mesmo em recém-nascidos

A jornada pela maternidade e paternidade é repleta de aprendizados, e estar cientes dos desafios que podem surgir nos permite oferecer o suporte necessário para que nossos pequeninos cresçam com toda a alegria e vitalidade que merecem. 

O que é intolerância à lactose?

A intolerância à lactose é uma condição alimentar não-alérgica que afeta a capacidade do organismo de digerir a lactose, o açúcar presente na maior parte dos leites e em alguns de seus derivados. Isso ocorre devido à redução ou ausência da enzima lactase no corpo, responsável por quebrar a lactose em componentes mais simples que podem ser absorvidos pelo organismo. 

Quando a lactose não é devidamente quebrada, ela permanece no intestino, onde pode fermentar e causar sintomas desconfortáveis de diferentes graus de intensidade, que podem variar de pessoa para pessoa e pela quantidade de lactose, e que aparecem normalmente entre 30 minutos e 2 horas após a ingestão de laticínios.  

Os sintomas mais comuns de intolerância à lactose são: 

  • inchaço abdominal; 

  • cólicas;  

  • gases; 

  • flatulência;  

  • diarreia; 

  • assaduras;  

  • náuseas;  

  • vômitos; 

  • cãibras;  

  • eventualmente constipação intestinal.  

É importante ressaltar que a intolerância à lactose não é uma alergia ao leite, mas sim uma reação do corpo à incapacidade de digerir esse açúcar específico. 

Tipos de intolerância à lactose

Conforme a Sociedade Brasileira de Pediatria, existem basicamente três tipos de intolerância à lactose, que diferem em suas causas e momentos de manifestação: 

  1. Intolerância primária à lactose: Também conhecida como hipolactasia do tipo adulto, ocorre na maioria da população mundial adulta. No Brasil, estima-se que 40% das pessoas tenham a condição, em intensidade variáveis – algumas, por exemplo, toleram de um a dois copos de leite ao dia. A hipolactasia do tipo adulto se inicia após os 3 anos de idade, quando, em pessoas predispostas geneticamente, a produção de lactase do organismo diminui. Pode se agravar na maturidade. 

  1. Intolerância secundária à lactose: Esse tipo de intolerância ocorre como resultado de algum problema de saúde que afeta o intestino delgado, causando deficiência temporária de lactase, que retorna aos valores normais uma vez controlados os fatores desencadeantes. Diarreia por causa de gastroenterite viral, giardíase, alergia ao leite bovino, doença celíaca e doença de Crohn são as principais causas. 

  1. Intolerância congênita à lactose: É uma forma rara de intolerância à lactose. Bebês nascidos com essa condição têm uma ausência completa ou quase completa de lactase no organismo desde o nascimento. Essa condição exige cuidados especiais com a alimentação desde os primeiros dias de vida. 

Qual é a intolerância à lactose em bebês?

A intolerância à lactose em bebês é uma condição pouco comum, pois esta é a fase da vida que o corpo humano mais produz lactase. Mas a hipolactasia do tipo adulto, apesar de ter esse nome, muitas vezes começa na infância. Segundo um documento da Sociedade de Pediatria de São Paulo (SPSP), a idade mais comum dessa manifestação é em torno de cinco anos, mas pode ocorrer a partir de um ano de vida e até no idoso. 

Os tipos mais comuns de intolerância à lactose em bebês são condições temporárias, como no caso dos prematuros. No final da gravidez, a produção de lactase aumenta nos bebês, e, assim, a enzima já está presente no intestino para o início da amamentação

Para os pequenos nascidos antes da 34ª semana, o nível de lactase pode ser muito baixo. Essa condição dura pouco tempo e não costuma impedir que os recém-nascidos sejam alimentados com leite materno ou com fórmulas com lactose. 

criança tomando leite

Existe, sim, um tipo congênito de intolerância à lactose que impede que o recém-nascido seja amamentado, mas, de acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), essa é "uma doença genética muito rara". A doença é considerada mais comum na Finlândia, mas mesmo lá, em uma pesquisa de 17 anos, os cientistas encontraram apenas 16 casos. 

Também é possível que os bebês desenvolvam intolerância à lactose do tipo secundário, depois de episódios de diarreia, por exemplo. Neste caso, a produção da enzima volta ao normal depois de alguns dias ou semanas, e pode ou não ser necessário buscar alternativas à alimentação – depende de indicação do pediatra.  

Diferença de intolerância à lactose e APLV

A intolerância à lactose e a alergia à proteína do leite de vaca (APLV) são condições distintas que podem causar alguma confusão nos cuidadores. Segundo a SBP, "embora, equivocadamente, estes termos sejam usados com frequência como sinônimos, é importante estabelecer a diferença entre a intolerância à lactose e a APLV". 

A APLV é uma reação imunológica do organismo a certas proteínas presentes no leite de vaca. Essa condição é mais comum em crianças, especialmente em bebês, e pode se manifestar por meio de uma variedade de sintomas, como irritabilidade, cólicas, diarreia, vômitos, coceira na pele, urticária e, em casos mais graves, dificuldade respiratória. 

Ao contrário da intolerância à lactose, a APLV é muito comum em bebês e rara em adultos – inclusive é uma das alergias alimentares mais observadas na primeira infância. De acordo com a SBP, a condição normalmente se manifesta no primeiro ano de vida, e, em mais de 50% dos casos, tem resolução ainda neste período. 

A principal diferença entre as duas condições é a sua origem e mecanismo de resposta do organismo ao leite e seus componentes. Enquanto a APLV é uma reação alérgica às proteínas do leite de vaca, o que pode levar a quadros mais graves, a intolerância à lactose é uma questão enzimática relacionada à digestão do açúcar do leite. 

Se você notar quaisquer sintomas de desconforto ou reação após a ingestão de leite ou derivados em seu bebê ou criança, é fundamental buscar orientação médica para obter um diagnóstico preciso. O acompanhamento adequado permitirá tomar as medidas necessárias para garantir a nutrição e o bem-estar do seu pequeno. 

Tratamento da intolerância à lactose em bebês 

A retirada temporária da lactose da dieta do bebê é uma opção viável e eficaz para evitar os sintomas da intolerância em muitos casos. Isso significa evitar o consumo de leite e seus derivados por um período determinado de tempo, permitindo que o sistema digestivo do bebê se recupere e reduza os desconfortos causados pela digestão da lactose. 

Segundo a Australian Breastfeeding Association, o tempo médio de recuperação do intestino de um bebê com gastroenterite grave é de 4 semanas, mas pode ser de até 8 semanas para um bebê com menos de 3 meses. A associação destaca que, em caso de uso temporário de alimentos alternativos, no longo prazo o adequado para bebês pequenos é a amamentação. 

Existem fórmulas infantis especiais sem lactose disponíveis no mercado. Essas fórmulas são cuidadosamente criadas para atender às necessidades nutricionais dos bebês com intolerância à lactose, garantindo o fornecimento adequado de nutrientes essenciais. 

Com a restrição temporária da lactose, é importante garantir que o bebê receba outras fontes de cálcio e vitamina D em sua dieta. Segundo um artigo científico que analisa deficiências nutricionais causadas pela intolerância à lactose, na fase da introdução alimentar é recomendada a ingestão de queijos e iogurtes, porque no processo de fermentação destes alimentos ocorre a pré-digestão da lactose, o que atenua sintomas do quadro, vegetais verdes escuros e peixes de ossos moles para suprir suas necessidades energéticas. 

Além disso, é possível recorrer a suplementos vitamínicos, sempre sob orientação médica, para evitar possíveis deficiências nutricionais. E, em alguns casos, o médico pode recomendar o uso de gotas ou comprimidos de lactase, a enzima responsável pela digestão da lactose, antes das refeições que contenham leite ou derivados, para auxiliar o organismo e reduzir os sintomas de intolerância. 

É importante ressaltar que o tratamento da intolerância à lactose em bebês deve ser conduzido sob orientação médica. Cada caso é único e requer uma abordagem personalizada para garantir a saúde e o bem-estar do bebê. Acompanhamento regular com um profissional de saúde permitirá ajustar a dieta e o tratamento conforme necessário, garantindo que o bebê cresça com toda a vitalidade e alegria que merece. 

# 2D # 3D # 20-semana # 21 semanas de gestacao # 23 semanas de gestacao # 26 semanas de gestação # 3-meses # abdominal # aborto espontâneo # academy # acne neonatal # acompanhantes no parto # acucar # adoção # afeto # agua # alergia # alimentacao # alimentação # alimentação do bebê # alimentação na gravidez # alimentos # alimentos para anemia # almofada de amamentação # amamentacao # amamentação # amigos # amor # anemia # anemia na gravidez # angustia da separação # animais # ansiedade # apneia do sono # apneia do sono em bebês # apoio # aprendendo # aprender # arroto # assadura # atividade-fisica # atonia uterina # autismo # autocuidado # autoestima # baba # baby blues # banho # banho de sol # bebe # Bebê # bebê # bebe acima do umbigo # bebe engasgado # bebe pélvico # bebe prematuro # bebe-recem-nascido # bebes # Bebês # bebês # bem-estar # beneficios # bingo em cha de bebe # birras # bloquinhos de carnaval infantil # bolo # bolo de fraldas # bolsa # bolsa de praia para bebe # bonita # brincadeira # brincadeiras para pascoa # brinquedos # brotoeja # burnout # cabelo # cabelo do bebe # cadeirinha # calcinha absorvente # calcinha pós-parto # calcio # canal # candidiase na gravidez # cansaco # cansada # Carnaval # carnaval # carreira de mãe # carrinho # casais # catapora # caxumba # cefalica # celulas-tronco # cerclagem uterina # cesarea # cesariana # cha-bar-de-bebe # cha de bebe # cha-de-bebe # cha-de-bencao # cha de fraldas # chá de fraldas # cha-de-fraldas # cha de revelacao # cha de revelação # charraiá de fraldas # chás na gravidez # checklist # choro # cirurgias # citomegalovirus # coceira # cocô do bebê # colestase # colestase gestacional # cólica na gravidez # colica nos bebes # colicas # colo do útero # colo do utero dilatado # colostro # colostro na gravidez # comemoracao # comida # como organizar um chá revelação # como prevenir doenças respiratórias # companheirismo # complicacoes # comunicar # constipação # consumo sustentável # contração # contraceptivos # contracoes # contrações de Braxton-Hicks # conversas # convite cha de fraldas # convites # coração do bebe # cordao # cordao umbilical # cor dos olhos do bebe # corpo # corrimento # corte de cabelo do bebe # cosmeticos # creche # crescimento # crianca # criança # criancas # Crianças # crianças # crosta lactea # cuidado # cuidados # culpa # data # data de parto # decoracao # decoração # decoração para chá revelação # defesas # dengue # dentes # dentista # depois-dos-40 # dermatite # desapego # descanso # descobrir o sexo do bebê # descolamento-de-placenta # desenvolvimento # desenvolvimento do bebe # desenvolvimento do bebê # desenvolvimento infantil # diabetes # diabetes-gestacional # diastase # dicas # diferente # disciplina positiva # disney # diu # doencas # doenças respiratorias # doenças respiratorias no inverno # doente # dor # dores # dormir # dor no pe da barriga # doula # ebook # ecografia # economia # economizar # eczema # educacao # educação # educacao infantil # educação-positiva # emocao # emocoes # empreendedorismo # emprego # empresa # endometriose # engravidar # enjoo # enxoval # episiotomia # estagios # estimulacao # estomago # etapas # exame beta hcg # exames # exercicio # exercício # exercicios # fala # falta de ar # familia # família # familia monoparental # fases # fatiga # fator-rh # faxineira # febre em bebe # ferro # fertilização assistida # fertilização in vitro # fertilização-in-vitro # festa # fezes do bebe # ficas # figado # filho # filhos # fisioterapia-pelvica # fiv # forceps # formula # fototerapia neonatal # fralda # fralda eco protect # fralda respirável # fralda reutilizavel # fraldas # fungos em bebes # ganho de peso na gravidez # gases # gemeos # genero # gestacao # gestação # gestacao-multipla # gestacoes # gestante # gestantes # gravida # grávida # gravidas # Gravidez # gravidez # gravidez de risco # gravidez na maturidade # gravidez psicológica # gravidez silenciosa # gripe na gravidez # hemorragia # higiene # higiene bucal # higiene do sono em bebes # Higiene no Carnaval # higieni # higienizacao # hiperemese-gravidica # hipertensão gestacional # hipotermia # historia # historias # home office # Huggies # ictericia neonatal # idade-gestacional # ideias # imunidade # inchaco na gravidez # incomodo # inducao # infância # infeccao # infecção urinária # infecção urinária infantil # infertilidade # introducao alimentar # introducao-alimentar # iodo # irmao # irmaos # julio rocha # labio leporino # leite materno # lembranças # lembrancinha de aniversário infantil # lembrancinha de maternidade # lembrancinhas # licenca-maternidade # licença maternidade # licença-paternidade # limpeza # linguagem # linhas de evaporação no teste de gravidez # liquido # liquido amniotico # liquido-amniotico # mae # maes # mae solo # maisalegria # manchas # massagem # massagem para bebe # maternidade # maternidade solo # mecônio # medicacao # meditação # melasma na gravidez # menina # menino # menosestresse # menstruacao # método ramzi # moleira do bebe # momentos # motoras # movimentos # muco # muco cervical # mudanca # mudanças # mudar # mulher # mulheres # multipla # nariz # nasal # nascimento # neurodesenvolvimento infantil # nidação # noite # nome # nomes de bebes # nomes de bebês # nomes femininos # nutrição # nutrientes # oportunidades # ovulação # pai # pais # papanicolau # Parto # parto # parto humanizado # parto-multiplo # parto normal # parto pélvico # parto vaginal # páscoa # passinho # paternidade # paternidade ativa # pediatricas # pele # pele do bebe # pele do bebê # pele ressecada # perda gestacional # período fértil # peso # placenta # placenta previa # planejamento # plano de parto # plantas venenosas # podcast # podcast mais abraços # posicao # pos-parto # pós-parto # praia # prematuridade # prematuro # pré-natal # pre-natal # pré-parto # pre-parto # presente # presentes # prevenção de acidentes domésticos # Primeira infância # primeiro aniversario # primeiros-socorros # prolapso uterino # puerperio # quantidade # quero-engravidar # recem nascido # recem-nascido # recém-nascido # recem nascidos # recem-nascidos # recuperacao # rededeapoio # refluxo # relato # relato de parto # relaxar # remedios # repouso # reproducao assistida # reprodução assistida # resguardo # respiracao # rh # rifa # riscos # roseola infantil # rotina # roupa para bebês # roupas # roupas para gestantes # rubéola # saco gestacional # Saída de maternidade vermelha # sal # salario-maternidade # sangramento # sangramento de implantacao # sangue # saudavel # saude # saúde # saude bucal # saude mental # secreção # segundo filho # seguranca # segurança # seios # semana # semanas de gravidez # sexo # sexo do bebe # sexo pos parto # shantala para bebe # sharenting # sinais # sinais de parto # sindrome de couvade # sintomas # sintomas de caxumba # sintomas de gravidez # socializacao # sono # sono do bebe # sono do bebê # sonolencia # sujeira # suor # suplementacao # sustentabilidade # sustentavel # tamanho # tampao mucoso # temperatura do bebe # tentante # tentantes # tentantes, vida de tentantes # terrible two # teste da orelhinha # teste de gravidez # teste do pezinho # tipo de parto # tipos de placenta # tontura na gestação # trabalho # trabalho de parto # transicao # transtorno do espectro autista # transtorno opositor desafiador # trissomia 18 # troca # troca-de-fraldas # ultrassom # Unicef # urticaria # utero # útero # utero bicorno # utero em anteversoflexão # utero retrovertido # vacina # vacinas # varizes # ventilador para bebe # verão # viagem # viajar de aviao com bebe # violencia-obstetrica # virtual # visitas # vitaminas # vitamina-s # vomitos